wrapper

Plantão

O economista e presidente da Macroplan, Claudio Porto, apontou durante o Fórum Piauí Brasil avanços do Estado, porém puxou as orelhas dos poderes executivo, judiciário e legislativo piauiense.

Em sua fala no auditório da Fiepi, Porto revelou as cinco áreas de negócios promissores no Piauí. Segundo ele, existe o que denominou de "pegada" na educação profissionalizante que é um segmento que cresce e vem dando bons resultados.

Ao falar sobre "Desafio para o crescimento sustentável do Piauí", Claudio Porto descreveu as potencialidades e gargalos que o governo do Estado enfrenta.

No item oportunidades de negócios, o economista aponta como setor lucrativo o agronegócio nos Cerrados; a agricultura de especialidades (orgânicos e alimentos funcionais); fruticultura + indústria; Saúde (Clínicas populares + hospitais de médica complexidade + prevenção a saúde e HUB (centro de transportes multimodais) para redes de serviços avançados.

Para o economistas, o Piauí tem apresentado melhoras em seus indicadores de forma "continua" e "consistente". Saiu do 24º no ranking nacional para o 25º.

Nos últimos 10 anos, pela pesquisa de Claudio Porto, o Piauí melhorou na educação, infraestrutura, desenvolvimento econômico e social. Na contramão, os pontos que pioraram foram saúde e segurança pública.

"Duas melhoras em décadas são áreas institucionais e juventude". Ele alertou para os problemas da parte fiscal e previdência. O palestrante indicou o site (www.desafiosdosestados.com.br) como fonte de pesquisa para os gestores e população.

"Pegada" da educação profissionalizante

Segundo o economia, um ponto diferencial no governo é a educação. Ele apresentou dados como 26% de matriculas na educação profissional a maior do Pais.

Outro lado de debilidades no Piauí são: baixa produtividade, insuficientes qualificação e distorção na alocação de recursos na produtividade dos gastos públicos.

Ele revelou que o gasto por aluno no Estado é de R$ 2.812, uma das mais altas do pais e precisa ser reduzido.

Claudio Porto mostrou planilha que aponta a Assembleia Legislativa do Piauí a mais cara do Nordeste, além dos custos elevado do poder judiciário. O economista apontou como Estados inspiradores o Espírito Santo e Góias. 

Ao finalizar a palestra, Porto alertou que é preciso combater a ineficiência, a corrupção e os privilégios.

O debate de Claudio Porto foi mediado pela vice-governadora, Margarete Coelho e o ex-governador Freitas Neto.

Veja dados apresentados por Claudio Porto: 

Fonte:cidadeverde.com

Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Blue Green Red Radian
Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family