wrapper

Plantão

A situação do Estádio Municipal Raimundo Marques, em Luzilândia, seria o retrato fiel da desastrada administração do rapaz que foi alçado à governança do município: rombo para toda parte. Caindo aos pedaços, o que outrora fora tratado com competência até pouco tempo pelos administradores de verdade, o estádio símbolo da pujança de uma cidade próspera e altiva, restam escombros, demonstrando o colapso absoluto da falta de aptidão no trato da coisa pública.


A administração do rapaz que responde pelo apelido de “Caçambeiro”, continua sendo o maior pesadelo da população de Luzilândia, inclusive daqueles que um dia acreditaram num sonho que, de forma avisada, já seria um letargo por suas próprias razões: um incompetentesem habilidade mínima para bem gerir um bem precioso como o erário.

Não deu outra. Várias obras que eram símbolo de organização, capacidade e empenho estão em ruínas. O próprio estádio Raimundo Marques está desabando. Não há manutenção, não há sequer energia elétrica, O que foi palco de grandes eventos, desde de grandes jogos de futebol a atividade olímpicas, hoje é o retrato fiel do maior erro político da história de Luzilândia. Uma lição para toda a vida de uma sociedade que sempre prezou pela qualidade na gestão de seu patrimônio. Erros desse tipo, com gente descaradamente despreparada, escancara a necessidade de voltar ao passado recente de prestígio e desenvolvimento.


O estádio municipal de Luzilândia deve voltar, quando acabar a administração “Caçambeiro de Ser”, ao normal, arena do orgulho desportivo luzilandense.

Last modified on Friday, 15 June 2018
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Blue Green Red Radian
Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family