wrapper

Plantão

Luzilândia.com - Luzilândia.net

Especialista em política já dão como certa a possibilidade da deputada estadual Janaínna Marques (PTB) ser realmente a vice-governadora na chapa liderada pelo PT, ao Governo do Estado.

Conhecida por forte tino político e de ser uma administradora astuta, a parlamentar não só goza hoje de enorme prestígio no meio partidário como também entre os eleitores, onde detém de grande simpatia e confiança.

O PTB está certo em compor a aliança majoritária com a indicação da deputada estadual Janaínna Marques, que fez excelente trabalho junto à secretária de Infraestrutura do Piauí, saindo com conceito “A”.

A proposta já vinha sendo trabalhada na base governista juntada ao desejo forte de Janaínna para ser candidata a vice-governadora e a servir mais o seu estado e seu povo. De acordo com analistas, essa vontade está “no corpo todo”, como os políticos costumam defender estratégias eleitorais.

“É mulher, da região norte, com experiência administrativa e bem relacionada politicamente”, revelou um entusiasta da alternativa para a chapa majoritária governista. Nesse cenário, caberia ao MDB indicar candidato ao senado para fazer dobradinha com Ciro Nogueira.

PONTOS FINAIS NA ESCOLHA

Uma audiência agendada pela deputada do PTB Janaína Marques com o governador Wellington Dias (PT) no meio da manhã da terça-feira (15/05) no Palácio de Karnak teria sido para tratar dos pontos finais.

Interlocutores afirmam que a vontade do governador Wellington Dias é que a deputada Janaínna saia ao seu lado, por se tratar de pessoas de confiança e de competência. Janaínna nega que no encontro se tenha discutido política.

No entanto, a audiência se deu poucos dias depois de o governador se avistar com o presidente estadual do PTB deputado Paes Landim. O PTB passou a reivindicar o direito à indicação para a vaga de vice depois de o PP já estar contemplado com o senador Ciro Nogueira, apoiando a ideia de uma mulher continuar no cargo.

O governador, de acordo com informações de integrantes da cúpula do PT, só deve fechar a chapa majoritária no final do mês de junho.

A indicação de Janaína Marques, segundo se comenta, tem a simpatia do empresário João Claudino e do filho o ex-senador João Vicente, que voltou ao PTB no início de abril deste ano.

Os deputados Nerinho, Lisiê Coelho, José Amilton são entusiastas com o nome da deputada Jannaína Marques (PTB) para ocupar a vice de Wellington na chapa governista. Ele defende que além dos Progressistas, o PTB também tem direito de permanecer na chapa, afinal, compôs a majoritária junto com Wellington em 2014, indicando o senador Elmano Ferrer.

Nerinho acredita que Jannaína pode dar a Wellington uma vantagem estratégica no Norte do Estado.

A chapa majoritária seria, pois, formada por PT, PTB, Progressistas e MDB.

Em entrevista Janaínna Marques disse que o PTB ajudou a eleger o atual Governo e se destacou em eleições passadas com o nome do ex-senador em composição de chapa.

“O PTB marcou presença em 2006 com a candidatura do senador João Vicente junto com o PT na chapa majoritária; em 2010, o PTB participou na chapa majoritária com a candidatura do senador João Vicente como governador; e em 2014, na chapa majoritária com o senador Elmano”, contou a deputada.

O que muitos especialistas apontam é que o nome da deputada Janainna Marques é dado como certo.

OS LUZILANDENSES

Luzilandenses consultados dizem que o nome da parlamentar da região é o melhor que pode existir dentro do debate e uma oportunidade especial para o povo piauiense que sempre acreditou na força da mulher e na capacidade de gestão de Janainna Marques, desde seus vinte e poucos quando começou sua carreira política como prefeita de Joca Marques e de onde não parou mais sua trajetória de sucesso.

A IMPRENSA

 

Em informações prestadas ao Tribunal de Contas da União (TCU), que investigou as suspeitas, o prefeito Ronaldo Gomes informou que o veículo estaria em viagem para Teresina na mesma data em que o carro foi flagrado em Goiás e em Brasília

Segundo os vereadores Fernando Aguiar, João Filho e Cristóvão Rodrigues, o prefeito não atende nenhum requerimento enviado ao Poder Executivo para justificar gastos públicos

Após a conclusão do exercício financeiro de 2017, passados quatro meses do exercício de 2018, até o momento o prefeito de Luzilândia, Ronaldo Gomes, não publicou os valores arrecadados com a taxa de iluminação pública e arrecadados pela Eletrobras, como forma de prestação de contas

Page 4 of 5
Template Settings

Color

For each color, the params below will give default values
Blue Green Red Radian
Select menu
Google Font
Body Font-size
Body Font-family