Corpo da cantora Deise Cipriano é velado no Ibirapuera, em São Paulo

O corpo de Deise Cipriano, cantora do grupo Fat Family, foi velado na madrugada desta quarta-feira (13), por volta das 3h, na Assembléia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera.

Deise morreu aos 39 anos na tarde desta terça-feira (12), enquanto tratava um câncer no aparelho digestivo no Instituto do Câncer, em São Paulo. A informação foi confirmada pelo próprio instituto.

O sepultamento do corpo, aberto ao público, será feito também nesta quarta, por volta das 17h, no Cemitério Vale dos Reis de São Paulo, localizado no km 22 da Rodovia Régis Bitencourt.

Na segunda (11), Deise começou a sentir náuseas e estava com dificuldade para se alimentar, o que a fez ser transferida novamente para a UTI do Instituto do Câncer de São Paulo.

A cantora fazia tratamento contra o câncer no fígado desde agosto de 2018, tendo sido internada por duas vezes na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Ela chegou a passar o Natal com a família, mas voltou a ser hospitalizada no dia seguinte após fazer uma consulta de rotina.

Durante o tratamento, a cantora recebeu mensagens de apoio de vários famosos, como do jogador Neymar, do modelo Jesus Luz e do cantor Naldo Beni. A cantora Cláudia Leitte chegou a gravar um vídeo desejando força e melhoras para Deise. “Vou orar por você, vai dar tudo certo, está tudo na mão do senhor”, disse Claudinha.

Talita Cipriano, filha de Deise, sempre usava as redes sociais para manifestar seu amor e carinho pela mãe. “(…) Nós somos assim quanto mais erramos que vencemos o coração eu não vou ficar aqui, Jesus pagou por meu erro, me aceitou. Teu nome tem poder. Te amo mãe”, escreveu ela, compartilhando a letra da música “Me Levantarei”, em seu perfil no Instagram no ano passado.

Deise ficou famosa ao formar a banda Fat Family com sete irmãos. De Sorocaba, no interior paulista, fez sucesso na década de 1990 com músicas com influência de R&B e soul music norte-americana e sucessos como “Jeito Sexy”, além de impressionante musicalidade ao cantar à capela.

Nos anos 2000, os irmãos Sidney, que morreu em 2011, Celinha e Suely deixaram a banda para seguirem carreiras solo. Além de Deise, formavam a banda hoje Celinho, Simone, Suzetti e Kátia, que comemoravam os 20 anos de Fat Family em 2016.

Fonte: FolhaPress

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.