Operação cumpre 13 mandados em residência de prefeito e empresas

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagrou, na manhã desta quinta-feira (21), a operação Águas de Março. A força-tarefa cumpre 13 mandados de busca e apreensão em seis municípios do Piauí. Entre os alvos estão prefeituras, prefeitos e empresários.

A Operação Águas de Março ilícitos como fraude à licitação, crimes contra a administração pública e organização criminosa. Os mandados de busca e apreensão são cumpridos em  Teresina, Floriano, Monsenhor Hipólito, São Miguel da Baixa Grande, Manoel Emídio e Monsenhor Gil.

Entre os alvos estão o prefeito e a prefeitura municipal de São Miguel da Baixa Grande, prefeito de Manoel Emídio, engenheiros e empresários com atuação na construção civil.

Foto: Ascom

Segundo investigações do Gaeco, a prefeitura de São Miguel da Baixa Grande, por meio de seu gestor, contratou a construção de obras públicas “desrespeitando a competição entre os interessados, superfaturando os valores correspondentes aos contratos formados pela Administração Pública, além de inúmeras outras irregularidades”. 

O Cidadeverde.com tentou contato com os prefeitos das cidades, mas as ligações não foram atendidas. 

A operação conta com o apoio da Polícia Civil, Militar e do Tribunal de Contas do Estado, tendo sido deferidas as medidas pelo Tribunal de Justiça do Estado do Piauí.

Aguarde mais informações 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.