Prefeito é expulso de velório de vigia por calote de 5 meses ao defunto

Uma cena pra lá de vexatória para a família do vigia Josué Lima, morto em um acidente de trânsito, quando o prefeito de Luzilândia, Ronaldo Caçambeiro, teve a coragem de, mesmo devendo ao finado mais de 5 meses de salário, causando enorme humilhação à sua família pela necessidades a que vinha sendo submetido, adentrar no velório e tentar se compadecer.

Não deu outra, o Caçambeiro teria sido praticamente expulso do velório pela esposa do falecido. A questão é que o Segurança Prestava Servicos no posto de saúde do matadouro e estava há 5 meses sem receber e tinha ido a essa festa do Morro do Chapéu fazer um “bico, pois tem um filho de 2 meses de nascido e estava precisando de recursos.

A viúva disse pro prefeito Caçambeiro que se tiver pagando o salário do marido, ele não tinha necessidade de fazer um “bico”.

Mais um fato lamentável dessa triste história da pior administração da cidade de Luzilândia, segundo relatam.

As informações do do Luzilândia de Luzia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.