Take a fresh look at your lifestyle.

Largada, população de Luzilândia vive no escuro e corre riscos

A cidade de Luzilândia um dia já foi tão bem iluminada que ganhou a fama de “Cidade Luz”. Mas hoje, mesmo com a cobrança de uma taxa caríssima, a Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip), as ruas da cidade são um verdadeiro breu.

A denúncia é de uma usuária de uma rede social norte-americana, que publicou em sua conta fotos da situação dramática que vive a população e dos sérios riscos de segurança que as pessoas enfrentam a ter que circular pela cidade às escuras, mesmo tendo o município arrecadado muito dinheiro para manter a cidade com iluminação pública.

A taxa de contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip) em Luzilândia, de autoria do próprio executivo, começou a ser questionada pela população, que em resposta recebeu promessas de manutenção da iluminação e qualidade do serviço oferecido. Após aprovado pela maioria da câmara de vereadores, e começar a ser cobrado o aumento, hoje, as reclamações pela má iluminação pública são constantes. A população ainda não vê na prática o resultado do aumento na conta de energia que chega todos os meses em suas residências.

Mesmo tendo que pagar uma taxa maior na Cosip, os moradores e transeuntes destacam a falta de iluminação. Várias ruas da cidade estão na mesma situação, por isso os moradores questionam a qualidade que foi destacada na época da campanha para a aprovação do aumento da Taxa.

Os moradores também destacam outro problema decorrente da falta de iluminação das vias públicas, a insegurança. Nas últimas semanas são constantes os casos de assaltos nas ruas de Luzilândia, muitos das vítimas são assaltadas na porta de casa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.