Assembléia Legislativa do Piauí lança edital de concurso público com 41 vagas

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho (MDB), e o reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Arimateia Dantas, realizaram hoje (2), na presidência da Assembleia, o lançamento oficial do edital do concurso do Legislativo do Piauí. A partir das 13 horas desta segunda-feira, o edital com todas as informações do certame estará disponível no site da UFPI – www.ufpi.br.

A prova do concurso que tem 41 vagas será realizada no dia 12 de janeiro de 2020, o resultado divulgado no dia 17 de março e a posse dos aprovados deve acontecer até julho. O certame será realizado pela Coordenadoria Permanente de Seleção (COPESE-UFPI). Estarão disponíveis vagas para os cargos de consultor legislativo, de nível superior, e assessor técnico legislativo, de nível médio. Os salário variam entre R$ 4.068,39 e R$ 2.030,14.

“É muito importante para a Assembleia este processo, nossa meta aqui na Casa sempre foi essa de melhorar os serviços oferecidos para a população e o concurso é parte deste processo”, afirmou o presidente.

Themístocles Filho lembrou que mais de 80 servidores se aposentaram. “Nós fizemos uma comissão e essa comissão identificou que é necessário repor 41 vagas. Para  futuro podemos abrir novos concursos. Esse é o terceiro que a Assembleia faz sob a batuta da Universidade Federal do Piauí. É muito bom porque qualquer cidadão pode se inscrever e participar. Em julho daremos posse aos novos servidores, que vão integrar os quadros da Assembleia”, finalizou Themístocles Filho.

Segundo o reitor da UFPI, o concurso foi estudado a partir da iniciativa do presidente Themístocles que procurou a UFPI para a sua realização. “Nós trabalhamos para a publicação desse edital e hoje estamos aqui entregando e divulgando esse edital, com prova já marcada para 12 de janeiro e resultado no dia 17 de março. Houve um período de discussão e chegamos ao texto final que não deixa nenhuma dúvida em relação às regras do processo e todos os candidatos poderão ter certeza e segurança da seriedade, de como será feito o processo seletivo”, afirmou Arimatéia Dantas.

Nayane Miranda – Katya D’Angelles 

Fonte – ALEPI

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.