Polícia prende suspeito de tráfico em terreiro de umbanda de Luzilândia

A Polícia Civil de Luzilândia, comandada pelo Delegado Renato Pinheiro, cumpriu nesta quinta-feira (03) o mandado de prisão temporária contra um acusado de ser o principal traficante de drogas da cidade, que usava um terreiro de umbanda para disfarçar a prática ilícita.   A Polícia local fez busca e apreensão nos endereços do investigado e o juiz da Comarca de Luzilândia, juntamente com o Ministério Público, deu parecer favorável, deferindo a medida.

Conforme as informações colhidas pela equipe de investigação da delegacia de Luzilândia, o suspeito de iniciais “F. J. S”  é o principal traficante de drogas da cidade, e utiliza da religião (terreiro de umbanda) para dissimular a atividade de traficância.

Ao cumprir o mandado, a equipe de policiais civil de Luzilândia apreendeu pequena quantidade de “crack” , R$ 702,00 (setecentos e dois reais) em notas trocadas, momento em que foi realizada a prisão em flagrante de F.J.S. e F.C.F.C. por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

A operação faz parte do plano de segurança pública planejado para a cidade, que tem como um dos pilares o combate implacável ao tráfico de drogas.

O nome da operação é uma referência a uma prática criminosa comum no Brasil colonial, onde imagens religiosas saiam da Europa para o Brasil com dinheiro falso e retornavam com ouro contrabandeado.

O delegado  Renato Pinheiro  ressalta  que a polícia civil do Piauí respeita a todas as religiões. A liberdade de manifestação litúrgica é um direito fundamental do cidadão. Entretanto, a atividade religiosa desenvolvida por F.J.S. servia como  disfarce para atividades ilícitas que o Estado é obrigado a reprimir.

Fonte: ClicaLuzilandia

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.