Ismar confronta Caçambeiro e pega resposta.

Briga de comadres: Após se declarar eleitor do prefeito, que o ajudou a elegê-lo em Luzilândia, ao retomar a palavra no programa dele, Ismar Marques desafia o prefeito Ronaldo Gomes, e concede-lhe mais 10min de tempo no programa do próximo sábado para que, segundo o ex-deputado, o prefeito esclarecer o que não foi esclarecido.

Baixaria, esse é o clima político na cidade de Luzilândia entre ex-aliados. O Jornal Luzilândia publicou matéria onde revela que o climaazedou de vez entre o prefeito de Luzilândia, Ronaldo Caçambeiro, e Ismar Marques numa rádio da cidade, confira.

“No dia 29 de fevereiro próximo passado, o ex-deputado fez duras críticas à Administração do prefeito de Luzilândia com relação a fechamentos de escolas na zona rural do município nos microfones da rádio no Programa Momento Jurídico, comandado por ele, Ismar Marques.

Antes do prefeito usar o Direito de Resposta dele, a rádio colocou no ar uma gravação que dizia o seguinte: “Horário reservado para o Direito de Resposta do senhor prefeito municipal de Luzilândia”. Foram 06min no ar com a repetição constante da frase. Até que o prefeito Ronaldo Gomes ligou para usar o direito dele por telefone.

Em seu Direito de Resposta, Ronaldo Gomes rebateu as críticas de Ismar Marques do dia 29. O prefeito esclareceu que fechou a escola da localidade Roça Velha por imposição da lei. Segundo Ronaldo Gomes, a lei obriga que cada escola tenha no mínimo 25 alunos matriculados. Na localidade, disse o prefeito, somente havia 18 alunos efetivamente com matrículas. Então, afirmou Ronaldo, os alunos dessa escola fechada foram transferidos para a escola da localidade Carnaúba, com transporte pago pela prefeitura.

Com relação à sessão eleitoral que foi fechada e que foi motivo de críticas do ex-parlamentar no dia 29, o prefeito esclareceu que essa responsabilidade não cabe a ele, prefeito, mas ela é de competência da Justiça Eleitoral. “Cabe aos políticos reivindicar na Justiça” – disse o prefeito.

Ronaldo Gomes diz que “queria muito utilizar esse meio de comunicação para esclarecer à população”. Após isso, o locutor da rádio interfere na fala do prefeito e o avisa que faltam apenas 20 segundos para que ele conclua seu Direito de Resposta.

O prefeito continua com sua fala e diz (com relação às críticas sobre as pontes na zona rural): “Se os prefeitos que passaram tivessem construído pontes de concreto, não tinha esse problema” – disse. O prefeito também se reportou à construção e às reformas de estradas, com a construção, inclusive, de todos os bueiros existentes nelas. O prefeito, então, teve a ligação telefônica cortada e se ouviu ao fundo apenas a voz dele, sem que houvesse a despedida e o agradecimento do prefeito.

Após se declarar eleitor do prefeito, que o ajudou a elegê-lo em Luzilândia, ao retomar a palavra no programa dele, Ismar Marques desafia o prefeito Ronaldo Gomes, concedendo-lhe mais 10min de tempo no programa do próximo sábado (14) para que – segundo o ex-deputado – o prefeito esclareça o que não foi esclarecido neste sábado.

No transcorrer do programa, em tom hostil, Ismar Marques desafia novamente o prefeito Ronaldo Gomes, concedendo-lhe mais 5min no programa do dia 14 próximo para que ele esclareça o seguinte: “Por que o senhor tá deixando uma ponte construída por mim e senhor não resolve o problema da ponte do Igarapé. Por que o senhor tá deixando uma ponte importante que liga Luzilândia a Joca Marques interditada. Tem que trazer uma resposta prá cá. UMa resposta para a população. Se você não trouxer uma resposta, vamos levar ao Ministério Público para que você assine um documento se comprometendo a reformar a ponte”.

O clima político ruim entre os dois se intensificou mais ainda quando o prefeito Ronaldo Gomes demitiu da prefeitura pessoas ligadas ao ex-deputado. Leia: Ronaldo Gomes faz ‘faxina’ na Prefeitura de Luzilândia e demite servidores indicados pelo ex-deputado Ismar Marques “

Fonte: JL/Redação

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.