Prefeitura de Luzilândia incentiva aglomeração de pessoas “esnobando” o mortal Coronavirus

Enquanto todo o mundo vive uma pandemia por conta do perigoso e ainda letal vírus, o COVID-19, onde autoridades de saúde e sanitárias recomendam medidas severas, dentre elas a de evitar aglomerações de pessoas, a Prefeitura de Luzilândia liberou, no último domingo (15/03), incentivou, com dinheiro público é claro, que crinças, jovens, adultos e idosos se aglomerassem em circo, de fora, que está em temporada na cidade.

A informação, do site 180, revela que o ato que contraria as normas de saúde e prevenção à pandemia que já matou milhares de pessoas em todo o mundo, foi feito com a liberação da entrada ao Circo Holiday, na noite do último domingo (15/03), pelo Governo de Luzilândia através da Secretaria de Cultura.

“Um espetáculo com palhaços, dançarinas, brincadeiras, mágicos, equilibristas, malabaristas, levaram muita alegria para o público que lotou o circo e participou também do espetáculo”, diz o site, denotando assim a grande irresponsabilidade praticada pela administração e um momento em que várias pessoas no Piauí e Maranhão são suspeitas de estarem com o vírus e, mesmo assintomáticas, são vetores dessa grande praga mundial onde nenhum canto do Brasil está imune neste instante de alerta grave.

“O prefeito Ronaldo Gomes informa que é uma alegria poder proporcionar momentos como estes para as crianças e pra juventude” parece debochar o site com a atitude de Caçambeiro.

Não há notícias também de algum plano das autoridades locais que vise o enfrentamento à grave e avassaladora doença.

Também não é conhecida a origem dos integrantes do circo.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.