Luzilândia: 12 famílias são retiradas pela Defesa Civil das áreas de risco

Localidades como Ilha do Capeta, Timóteo, Bico do Patú estão isoladas. Nas próximas horas, a força tarefa vai fazer a retirada de mais famílias das áreas de risco, e deixa o número de emergência a disposição 24 horas.

Neste sábado (21/03), as ações da Força Tarefa formada por homens da Defesa Civil, Guarda Municipal de Luzilândia, do Corpo de Bombeiros e juntamente com voluntários atuaram, durante todo dia e a noite, na forma de amenizar os danos já causados pelas cheias do Rio Parnaíba e a retirada em segurança das famílias com casas em áreas de risco em Luzilândia.

Com o aumento ainda mais do nível do Parnaíba, mais famílias estão tendo que deixar as suas casas. Até as 20 horas deste sábado o nível da régua fluvial mediu 6.03m a cima do normal, elevando para 12 o número de famílias desabrigadas ou desalojadas, em Luzilândia. Sendo 07 famílias desalojadas, estas encaminhadas para casas de parentes; e 05 famílias desabrigadas, onde foram encaminhadas para abrigos do Governo de Luzilândia. Destas, 10 famílias foram atingidas diretamente pelas águas do Rio Parnaíba e as outras duas por ameaça de desabamento em suas estruturas.

Em Luzilândia (a 234 km de Teresina), a cota atual do rio Parnaíba é de 5,48 metros, 48 cm acima da cota de alerta definida. Com as chuvas na bacia, a previsão é que aumente até as 19h30, para 5,57 metros. A cota de inundação é de 5,70 m.

Fonte e foto: Defesa Civil

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.